quarta-feira, junho 13, 2007

in, Diálogo de Vultos




«Atravesso a cidade de um lado ao útero,
(Labirinto de lâminas)
Com uma dor dentro do peito que ninguém pode resolver.
Atravesso a cidade, espada de chamas,
Porque tens algo de importante para me dizer.
A dor dentro do quarto
Em que me encontro comigo,
Sozinho mais uma vez.



Cheio da tua ausência,
Exausto de estar presente»







(fernandoribeiro)









Não resisti a postar também aqui esta foto...
Radiante por partilhar o momento! heheheh




\m/








3 Comments:

Blogger Fugidio said...

seria dificil resistir=P

sábias palavras...

bjinho*

quinta jun 14, 12:17:00 da tarde WEST  
Blogger Fugidio said...

Ya...eu no fundo n consigo viver sem essa caixa de Pandora...a dor.
nós precisamos do mau pa conhecer o bom......e tmb faz-nos crescer, aprender...e ser nd mais nd menos k humanos=p

por mas k detestes a dor, n conxegues passar sem ela, flr dela...algo tentador=P

sexta jun 15, 02:21:00 da manhã WEST  
Blogger Fugidio said...

ya acredito...eu falo falei detestar n era n verdadeiro sentido da palavra...pk as pessoas associam a algo mau smp...
é cm digo....n passamos sem ela...uma atentação=P

sexta jun 15, 11:36:00 da manhã WEST  

Enviar um comentário

<< Home