quinta-feira, março 09, 2006

É assim que estou!!

Não estou triste, estou chateada!
Não estou melancólica, estou furiosa!
Não estou desiludida, estou enrraivecida!...

Custa-me sentir nos outros a falta de coragem de um "não", de um "não quero", de um "não me apetece"...
Não que eu própria, por vezes, também não demonstre essa falta de coragem, mas senti-la nos outros é sempre mais fácil e... por vezes caimos no erro de julgar, de pôr hipóteses, verdade?
Contudo, não me parece que seja isto um julgamento... Não me parece, nem é!! Apenas um desabafo de quem, muitas vezes, se sente à margem da vida e das pessoas que ama...
Sei que tenho dificuldades em gerir emoções e sentimentos... Hoje dizia a um amigo que estava "fula mas bem disposta" e ele dizia não me entender... :)
É normal; estou habituada a que as pessoas por vezes estranhem os meus comportamentos de euforia... São apenas vazos onde deixo que se acumulem medos e incertezas e que, quando cheios, transbordam, sem que eu os consiga deter...

A noite começa também a chegar... E se momentos há em que me trás nostalgia e uma certa tristeza, hoje sei que me trará calma e paz... Pois é isso que eu quero e foi isso que, quase, lhe implorei!...
De qualquer forma... Estou bem... :)
É um confortável desconfortável que pára na minha alma inquieta.
Bjs


"O meu mundo não é como o dos outros,
Quero demais,
Exijo demais…
Há em mim uma sede de infinito,
Uma angústia constante que nem eu mesma compreendo,
Pois estou longe de ser uma pessoa;
Sou antes uma exaltada,
Com uma alma intensa, violenta, atormentada…
Uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade... sei lá de quê!"
(Florbela Espanca)