quarta-feira, junho 14, 2006

A um passo da queda

É como um precipício do qual eu já caí...
Como a ponte em que há dias ponderava passar, permanecer ou deixar-me ir
abrindo as asas que não mais me deixariam voar...
Estes sentimentos revoltos, incertos,
incapacitam-me de progredir, de gostar de sentir.


Abraça-me.
Preciso dum abraço teu.



Sentir-me viva, sóbria, capaz...
Esquecer a previsão da queda,
apreciar o silêncio,
ignorar os ruídos paralelos que assombram o meu ser.


Abraça-me esta noite.


Sinto-me sozinha
mesmo sem estar.
No fundo, estou incapaz de me amar.



AnAndrade

4 Comments:

Anonymous Mendonça said...

lembra t k nao estas sozinha...

tens amigos, familia e um irmao, k mesmo k pareça mto ausente esta sempre qd tu mais precisares...

bjs mto grandes mana

quarta jun 14, 09:30:00 da tarde WEST  
Blogger Sílvia Dias said...

Tu és linda... não te deixes cair nunca!!!

sexta jun 16, 03:20:00 da tarde WEST  
Blogger Ana Coelho said...

Oi miga...
Espero que estejas bem, mesmo que seja na medida do possivel!
Recebi a tua mensagem e como não tenho EUROS no tlm, venho aqui retribuir!
Um grande beijo para ti e quando precisares já sabes podes contar sempre comigo!
Um beijo enorme!

segunda jun 19, 11:13:00 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »

terça fev 06, 08:30:00 da manhã WET  

Enviar um comentário

<< Home