segunda-feira, novembro 06, 2006

Negar-te


«Não tenho mais palavras
Gastei-as a negar-te...
(Só a negar-te eu pude combater o terror de te ver em toda a parte.)
Fosse qual fosse o chão da caminhada
Era certa, a meu lado,
A divina presença impertinente
Do teu vulto calado
E paciente...
E lutei, como luta um solitário
Quando alguém lhe perturba a solidão.
Fechado num ouriço de recusas
Soltei a voz, arma que tu não usas,
Sempre silecioso na agressão.
Mas o tempo moeu na sua mó
O joio amargo do que te dizia...
Agora somos dois obstinados,
Mudos e malogrados,
Que apenas vão a par na teimosia.»


(Miguel Torga)

2 Comments:

Anonymous Lisete said...

Mais uma vez puseste-me a chorar... mas o meu estado de espirito não é dos melhores!(para variar).
Estou cansada de andar assim, farta de só me lamentar qdo abro a boca, porque é qu enão arrebito, foda-se! Naõ me reconheço. Quero voltar a ser aquela menina ingénua e inocente que tinha sonhos e acreditava neles, aquela menina que tinha esperança para o futuro, que acordava com uma força incrivel para enfrentar este mundo de merda... Mas essa menina morreu. Desculpa, mas só me saem disparates da boca! Já chega, vou escrever num papelinho e mete-lo no meu muro das lamentações ;) Beijocas linda (vou saber se tudo correu bem contigo com a operação)

quinta nov 09, 11:02:00 da tarde WET  
Blogger somebody said...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀
,

sexta abr 16, 11:32:00 da manhã WEST  

Enviar um comentário

<< Home